19/10/08

Top 20 bolos para o Dia das Bruxas


Antes de mais, uma pequena explicação do que é o Halloween.
O Dia das Bruxas só há poucos anos começou a ser comemorado em Portugal, principalmente por razões comerciais.
A origem da festa de Halloween data da época dos antigos festivais Celta do solstício de verão. Este povo que viveu há 2000 anos na área que hoje é a Irlanda, o Reino Unido e o norte da França, celebrava o seu ano novo a 1 de novembro. Este dia marcava o fim do verão e das colheitas, e o início do inverno escuro e rigoroso, uma época do ano que foi sempre associada com a morte.
Os Celtas acreditavam que na noite anterior ao ano novo, a fronteira entre os mundos dos vivos e dos mortos se tornava tênue. Na noite de 31 de outubro, eles celebravam um ritual chamado Samhain (palavra de origem gálica que significa novembro), acreditando que os fantasmas dos mortos voltavam para a terra. Os Celtas pensavam que a presença dos espíritos tornava mais fácil, aos sacerdotes druidas, fazer as previsões sobre o futuro.
Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média e passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
Com o objectivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados a 1 de Novembro. A noite anterior, a noite do Samhain, começou a ser chamada de noite de Todos os Santos (all-hallows-eve) e, mais tarde, Halloween.
Desde o século XI os Papas Silvestre II (1009), João XVII (1009) e Leão IX (1015) obrigam a comunidade a dedicar um dia aos mortos. No século XIII esse dia anual passa a ser comemorado em 2 de novembro, porque 1 de novembro é a Festa de Todos os Santos.























Reblog this post [with Zemanta]

2 comentários:

Gi disse...

hm, ta, mas ainda não entendi porque aqui finados é dia 2 de novembro..

quanto as fotos, está muito legal!!

Maria disse...

É verdade que o dia de Finados é a 2 de Novembro, mas foi anteriormente a 1 de Novembro. O texto que escrevi estava no entanto confuso pois não tinha acrescentado essa mudança que se deu no século XIII. Por isso já o corrigi. Obrigado pelo comentário.